Texto Célia Bispo / Fotos: Divulgação/TV Globo

Vera Holtz
(Foto: Divulgação)

Uma das melhores atrizes da da teledramaturgia brasileira, Vera Holtz, que já brilhou em inúmeros trabalho na TV, volta a ser destaque no vídeo, agora como a Lucinda, a Mãe do Lixão em Avenida Brasil.

TV Brasil – Como você se preparou para dar vida à Lucinda, a Mãe do Lixão?

Vera Holtz – Eu já tinha visto o filme Estamira, que conta a história dos catadores do lixão de Gramacho. Também tinha conhecimento do trabalho que o Vik Muniz (artista plástico) fez com os catadores de Gramacho. Eu não fui à Gramacho nenhuma vez, mas, não desconheço esse universo do lixo.

TV Brasil – Embora o lixão da novela seja um cenário, deve ser muito difícil lembrar que as cenas da novela retratam a realidade de muitas crianças.

Vera Holtz – Muita criança por aí sobrevive disso. É triste, mas, eles catam para sobreviverem.

TV Brasil – Que características são mais marcantes na Lucinda?

Vera Holtz – Ela é uma mulher muito forte. Também mãe, maternal, amorosa. É só o que sei sobre essa personagem.

TV Brasil – Mas, você pode afirmar ou não que a Mãe Lucinda é do bem?

Vera Holtz – Não posso afirmar nada. Estou no escuro total.

TV Brasil – Você gosta de fazer um trabalho sem saber quem realmente é aquela pessoa que você está interpretando?

Vera Holtz – Eu gosto desse jogo. Acho que isso é uma coisa legal em novela, no folhetim. É bom não saber o que vai acontecer.

Vera Holtz como Lucinda, em Avenida Brasil
(Foto: TV Globo)

TV Brasil – Gravar com crianças é um desafio a mais?

Vera Holtz – Na verdade, eu acho que são atores que estão em busca de um caminho. Eu os trato como colegas de trabalho, como atores e tento passar um pouco do que eu sei e eles são muito gentis. São crianças maravilhosas.

TV Brasil – Como a Lucinda é uma personagem sem vaidade não deve ter sido difícil conseguir manter o seu cabelo na cor natural, não é?

Vera Holtz – Pois é. O que eu puder prorrogar o cabelo branco, prorrogo. Não tem problema nenhum. Esse negócio de muita química na minha cabeça não é comigo. Como a Luciana é uma personagem que não tem nenhum requinte de vaidade, é muito simples, pintar ou não o cabelo não ia mudar nada. Então pedi para continuar com o cabelo na cor natural.

TV Brasil – O seu figurino é perfeito, com roupas aparentemente desgastadas e sobrepostas. O cenário também reproduz fielmente um lixão. Esses elementos te ajudaram a compor a personagem?

Vera Holtz – O cabelo, a maquiagem, o figurino e o cenário vão diminuindo as nossas dúvidas em relação a quem é essa personagem.

TV Brasil – Você não se incomoda de aparecer no vídeo sem maquiagem, com o cabelo desgrenhado e roupas aparentemente sujas?

Vera Holtz – Eu não tenho muito essa relação de vaidade. Nunca tive isso.

    Verz Holtz em cena 
(Foto: TV Globo)