Texto e entrevista: Clara Ribeiro

Soninha Francine contou o que acha da ida da MTV para a TV a cabo

(Foto: AgNews)

Soninha Francine, é formada em cinema pela USP, jornalista, ex-VJ - como são chamados os apresentadores das atrações da MTV - , e agora está cada vez mais engajada com a vida política: é filiada ao PPS e já se candidatou duas vezes à prefeitura de São Paulo.

Na útlima segunda-feira, 12, ela foi prestigiar Maitê Proença, em uma noite de autógrafos na Livraria Cultura, e, enquanto esteve por lá, foi abordada por diversos admiradores e 'eleitores', que contavam casos sobre a cidade.

O portal Conta Mais aproveitou a presença da jornalista para perguntá-la a respeito do fim da MTV, sua antiga emissora: "Eu pensei que fossem só ameaças como aconteceu tantas outras vezes, porque é natural em empresas que operam 'no vermelho'", desabafou.  

Ela contou ainda, como ocorriam os boatos de término da emissora: "Eu sempre ouvi a história de que a Abril não estava mais afim de bancar um negócio em crise, como a MTV. E isso me deixava muito chateada, pois sabia que nenhum empreendimento honesto tem retorno nos primeiros anos.". E continua: '"O engraçado é que, depois que saí de lá, muitos me procuravam para dizer: 'A MTV não é mais a mesma, definitivamente acabou!', e após essa época realmente, a audiência foi caindo, caindo, até que uniu o fator rentável com o desinteresse da Abril'", disse.

Soninha na época da MTV

(Foto: Reprodução)

Soninha começou como redatora no canal musical, e logo, diretora de alguns programas, e só então foi chamada para integrar a equipe de VJs. "A minha geração da MTV, era todo mundo estudante quando começou, então puderam aprender na prática, isso foi maravilhoso e diferente de todas as outras veteranas da televisão, por conta da alta tecnologia que tínhamos antes delas.", afirmou. 

Tendo participado desde o início da MTV, ela explicou que teve muitas oportunidades de criar lá dentro: "A MTV Brasil era muito crua quando entrei lá, e apesar de ter a versão americana como referência, não era para ser uma cópia, então inventamos muita coisa a partir disto". E afirmou que a experiência na produção foi a melhor que teve: "Se eu tivesse já começado como VJ, não teria valido a pena".

Uma dessas 'invenções' de Soninha na MTV, foi colocar um computador no estúdio, o que facilitou bastante a vida dos apresentadores e da redação. "Ter a ideia de por um computador no local onde praticamente 'tudo' acontecia, foi minha, e hoje não imaginamos um programa de TV sem essas tecnologias.", finalizou.