Texto de: Rebecca Nogueira

Atriz Angelina Jolie

(Foto: Reprodução)

Angelina Jolie revelou em um artigo publicado no “The New York Times”, nesta terça-feira, 14, que fez uma dupla mastectomia preventiva. Essa cirurgia para retirada dos seios foi feita porque os médicos disseram que a atriz tinha 87% de chances de desenvolver câncer de mama.

“Minha mãe lutou contra o câncer por quase uma década, e morreu com 56 anos. Ela aguentou o suficiente para conhecer seus primeiros netos, e segura-los nos braços. Mas meus outros filhos nunca terão a chance de conhecê-la e ver o quanto ela era amorosa e graciosa”, escreveu Angelina sobre sua mãe logo no começo do texto.  

No artigo, a mulher de Brad Pitt ainda revelou que possui um “defeito” no gene chamado BRCA1, que aumentaram para 81% sua chance de ter câncer de mama, e para 50% de câncer de ovário. Ao descobrir que essa era sua realidade, a artista conta que resolveu ser proativa, e se submeteu a uma mastectomia preventiva dupla. 

Angelina Jolie no Oscar

(Foto: Reprodução)

Durante o período que se submeteu a alguns procedimentos médicos, que terminaram no dia 27 de abril, Jolie manteve tudo em segredo, e continuou fazendo seus trabalhos normalmente. “Mas agora estou escrevendo isso a vocês porque eu espero que outras mulheres possam se beneficiar com minha experiência. Câncer ainda é uma palavra que coloca medo no coração das pessoas, produzindo um sentimento de perda de poder”, escreveu ela. 

 A atriz continua o artigo contando que iniciou o processo médico no dia 2 de fevereiro, com uma cirurgia plástica para que a mastectomia não danificasse esteticamente os mamilos. Duas semanas depois desse procedimento, ela fez a cirurgia principal, para extrair o tecido mamário. Nove semanas depois, as mamas foram reconstruídas cirurgicamente com implantes. 

“Eu quis escrever isso para contar para outras mulheres que a minha decisão de fazer a mastectomia não foi fácil. Mas eu estou muito feliz por ter feito. Minhas chances de desenvolver câncer caiu de 87% para menos de 5%. Agora eu posso dizer aos meus filhos que eles não precisam ter medo de me perder para um câncer de mama”, escreveu Angelina. 

Ela ainda agradeceu ao marido no texto: “Eu sou muito sortuda por ter um parceiro, Brad Pitt, que foi tão amoroso e me apoiou muito. (...) Nós sabíamos que isso era a coisa certa a ser feita pela nossa família, e que isso nos aproximaria ainda mais. E aproximou”. 

E finalizou dizendo: “A vida vem com muitos desafios. Os que não deveriam nos assustar são os que podemos enfrentar e ter o controle sobre eles”.  

Angelina Jolie é noiva do ator Brad Pitt, e mãe de seis filhos sendo três adotados (Maddox, de 10 anos, Pax, de 9 e Zahara, de 8) e três biológicos (Shiloh, de 6 anos, e os gêmeos Vivianne e Knox, de 4 anos). 

Angelina Jolie com a mãe, em foto de arquivo

(Foto: Reprodução)

Brad Pitt e Angelina Jolie

(Foto: Reprodução)