Texto Cláudia Dias | Adaptação Web Evelyn Cristine

Anitta vai se lançar como empresária de outros cantores
Foto: Reprodução / Instagram 

Visionária! Atualmente esse é o melhor adjetivo para definir Anitta (23). Colecionando sucessos na carreira, ganhando cada vez mais fama e dinheiro, a morena vai se lançar também como empresária de outros cantores, (novos e já estourados no mercado). Sonho antigo da jovem, ela quer proporcionar a outros artistas brasileiros a mesma qualidade que imprimiu à sua carreira.

O amigo Nego do Borel (24), segundo o jornal Extra, pode sero primeiro famoso a ser empresariado por Anitta que, desde que rescindiu contrato com a empresa K2L, da empresária Kamila Fialho, em 2014, é quem dá a última palavra em todos os seus (lucrativos) negócios.

Nada, absolutamente nada em relação a carreira fica sem o aval da poderosa. E não é pouca coisa, não! A moça cuida de perto de uma assessoria de imprensa, das equipes de publicidade e artística, além das mídias sociais (só no Instagram a moça tem mais de 15 milhões de seguidores!).

Em várias entrevistas, ela já afirmou que faz questão de comparacer em todas reuniões e de estar a par de tudo que acontece em seus negócios. E os funcionários da funkeira são unânimes ao falar da patroa: “Ela é incansável em matéria de trabalho e procura sempre o melhor para tudo e todos, sem abrir mão da qualidade”, afirmou um de seus ‘pupilos’. E como diz aquele velho ditado popular ‘Deus ajuda quem cedo madruga’, Anitta não tem do que reclamar, pois atualmente é uma das artistas brasileiras mais requisitadas para shows em todo o País, com cachê na faixa dos R$ 120 mil e produção impecável, de acordo com alguns contratantes consultados. “Administro a minha carreira e, consequentemente, meu tempo. É claro que não é o mesmo tempo de uma pessoa que tem uma rotina fixa, por exemplo, mas não dá pra ter tudo na vida, né? Amo o meu trabalho e sempre soube o quanto ele exigiria de mim. Tudo depende da prioridade de cada um e a minha é a carreira”, contou Anitta, toda determinada.

Revista Conta Mais - Ed. 819