Niko é o pai de Fabrício

Foto: Reprodução

O inferno astral de Niko (Thiago Fragoso) está prestes a chegar ao fim. O empresário consegue reaver a guarda provisória de Jayminho (Kayky Gonzaga) e fica a um passo de adotá-lo definitivamente. E se tudo que está bom ainda pode melhorar.

 

 

 

 

 

A boa fase do chef de cozinha é brindada com o resultado do exame de DNA de Fabrício, que aponta que ele é o pai biológico do menino, e não Eron (Marcello Antony). Isso quer dizer que o bebê foi gerado por inseminação artificial.

A partir daí, Amarilys (Danielle Winits) se vê obrigada a deixar a arrogância de lado, já que Niko tem tanto direito quanto ela em relação ao pequeno Fabrício. Mas como a relação dos dois é das piores, é certo que o empresário, para desespero da médica, vai lutar para ter a guarda do filho. E Niko leva vantagem nessa batalha, uma vez que a dermatologista foi, no mínimo, antiética ao usar o próprio óvulo na inseminação artificial.